Veja 4 motivos para assistir O Poderoso Chefinho

Além de divertida, animação passa mensagens interessantes

Fri Sep 21 14:21:17 UTC 2018
Veja 4 motivos para assistir O Poderoso Chefinho
Quer agradar a criançada da família e ainda por cima se divertir junto com elas? Então a dica é a animação "O Poderoso Chefinho", lançada no ano passado e dirigida por Tom McGrath, que também comandou o filme Madagascar (2005).
 
O Poderoso Chefinho é um sucesso de bilheteria, tendo faturado US$ 175 milhões nos Estados Unidos e US$ 528 milhões no mundo todo. E ao assistir ao filme, dá para entender o porquê a animação da DreamWorks conquistou o público. Além de fofo e divertido, o filme também passa mensagens legais e pode resultar em discussões interessantes entre os integrantes mais velhos da família e as crianças.
 
Veja cinco motivos para assistir O Poderoso Chefinho:
 
1 - Divertido
 
Tá certo que é comum que as animações sejam divertidas, é claro. Mas em O Poderoso Chefinho, o humor foge um pouco do padrão e chega a ser até um pouco ácido. Tudo porque na história, um bebê novo (nada convencional), chega a uma família que até então era composta por pai, mãe e um menino de sete anos, chamado Tim. Até a chegada do novo integrante, Tim era muito bajulado pelos pais, que se dedicavam ao garoto em tempo integral, mas isso muda radicalmente a partir do momento que um bebê de terno e maleta chega à casa e acaba alterando a rotina da família. Mas para agravar ainda mais a situação, o bebê fala - e provoca muito - o irmãozinho mais velho. Nesses embates entre os dois, é provável que você se divirta com o jeito irônico do bebê e a braveza de Tim.
 
2 - Fofura sem fim
 
Se você se encanta pelo mundo dos bebês, vai literalmente querer invadir a televisão nos momentos em que essas criaturinhas lindas aparecerem. Na animação, existe uma empresa que fabrica bebês em grande escala e por isso é provável que você morra de fofura nos momentos que os pequenos aparecem.
 
3 - Animação agradável
 
 O filme apresenta mesclas entre o 2D e o 3D, principalmente nos momentos em que Tim usa a sua imaginação mega fértil para criar cenas. É interessante destacar que esse lado lúdico do personagem é diretamente estimulado pelos seus pais, que liam para ele todas as noites antes da chegada do Chefinho. Ou seja, além de cores vibrantes e cenas esteticamente bonitas que prendem a atenção de toda a família, O Poderoso Chefinho também reforça a ideia dessa conexão didática entre pais e filhos.
 
4 - Mensagem interessante
 
Na animação, Tim e o Chefinho se odeiam no início, até porque possuem objetivos completamente opostos. Enquanto o bebê de terno está em uma missão para tentar salvar a fábrica de bebês e descobrir porque os pequenos perdem cada vez mais espaço para os cachorros produzidos pela PuppyCo, Tim deseja apenas ter toda a atenção dos pais para ele de volta. Mas acontece que no desenrolar da história, os objetivos dos personagens acabam se misturando e o que era uma guerra declarada, acaba virando uma parceria legal entre irmãos. Sendo assim, o filme acaba passando uma mensagem positiva em relação à aceitação de novos integrantes na família, situação que sabemos que por muitas vezes acaba gerando estresse e ciúmes. A animação deixa espaço aberto para o diálogo entre pais e filhos, principalmente ao que se refere a um possível aumento no número de integrantes da família.
 
Ficou interessado na história? Para assistir ao filme, clique aqui
 
Quer ter um mundo de conteúdos na palma da mão para ver onde e quando quiser? Assine já